M. de Deus: Ação da Defensoria Pública identifica problemas com pescadores e marisqueiras

Durante todo o dia desta quarta-feira (27), a equipe da Defensoria Pública da União (DPU), em parceria com Câmara de Vereadores de Madre de Deus esteve no município colocando em prática o programa “Eu tenho direito”, oferecendo atendimento jurídico gratuito aos moradores.

Os munícipes puderam ter acesso a demandas ligadas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) como pedidos de concessão ou restabelecimentos de aposentadorias, auxílios-doença, pensão por morte e benefício de prestação continuada, dentre outros.

Segundo os organizadores, foram realizados 80 atendimentos um número bastante considerável para apenas um dia da ação. O defensor Público Vladimir Correia disse a nossa reportagem que a equipe conseguiu identificar diversas demandas da população: casos previdenciários; seguro defeso; aposentadoria e auxílio maternidade negados pelo INSS.

“A ação superou nossas expectativas porque conseguimos identificar esses problemas e tivemos a oportunidade de orientar a população como proceder. Outro ponto importante foi à vinda dos servidores da Defensoria para perto da população, já que o acesso em Salvador é muito difícil”, explicou Vladimir.

O defensor informou ainda que o problema de pescadores e marisqueiras com a questão do seguro defeso chamou a atenção. “Já abrimos um processo administrativo e vamos levar para Salvador para analisar a possibilidade de ingressar uma ação judicial para conseguir esse beneficio para a população daqui”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *