Política: Ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado se entrega e é levado para o presídio temporariamente

Acusado na Operação Adsumus, do Ministério Público do Estado, de integrar uma quadrilha que cometeu delitos contra a administração pública, fraudes em licitações e contratos, entre os anos de 2012 e 2016, ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado (PT), foi preso nessa terça-feira (19). A detenção é temporária, por cinco dias, mas pode ser convertida em preventiva (com prazo indefinido), a depender do entendimento do Tribunal de Justiça.

O petista se entregou na 20ª Companhia Independente da Polícia Militar, sediada na cidade do Recôncavo baiano, e encaminhado à carceragem do Departamento de Polícia do Interior (Depin), onde ficará à disposição do Judiciário.

O ex-gestor era um dos alvos da sexta etapa da operação, deflagrada na última segunda (18) também em Muritiba, que cumpriu cinco mandados de detenção e seis de busca e apreensão. A força-tarefa apreendeu documentos, planilhas de propinas, comprovantes de depósitos bancários e de transações financeiras, celulares e outros objetos eletrônicos em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas.

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), do MP, os envolvidos responderão pelos crimes praticados contra administração pública, fraudes em licitações e contratos.

Fonte:Metro1