Diante do Jacuipense, Bahia é vaiado mesmo após conseguir primeiro triunfo no ano

O triunfo veio. Os gols saíram. Mas ainda falta um futebol de maior qualidade. O Bahia conquistou, nesta quarta-feira, 24, a duras penas e sob vaias da torcida, seu primeiro triunfo no ano, ao vencer o Jacuipense por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, pela segunda rodada do Baiano.

Todos os gols saíram no primeiro tempo. Vinícius abriu o placar aos 27. Danilo Rios empatou para a Jacuipense aos 35 minutos. E Tiago, aos 44, de cabeça, fez o gol que determinou o triunfo tricolor.

O Esquadrão agora volta a campo no sábado, às 17h, quando enfrenta o Fluminense de Feira no estádio de Pituaçu. A Arena Fonte Nova receberá um evento no dia e não poderá sediar a partida. Já o Jacuipense joga no domingo, às 16h, fora de casa, contra a Juazeirense.

Nos primeiros minutos, o Bahia demonstrou evolução em relação aos dois jogos anteriores, com participação mais ativa dos volantes, Elton e Gregore. Entretanto, na parte ofensiva esse domínio em pouco se refletia.

A primeira jogada de perigo só veio aos 22 minutos. Maxwell se atrapalhou e chutou em cima de Elton. O volante se aproveitou e mandou forte no gol, passando perto da trave de Jordan.

Cinco minutos depois, o Esquadrão abriu o placar. Em rápido contra-ataque, Edigar Junio deu passe para Vinícius, que driblou o goleiro e com categoria, abriu o placar.

Quando parecia que o Bahia ia engatar no jogo, cedeu o empate em um vacilo, aos 35 minutos. Com a bola dominada, Tiago demorou de chutar e Felipe se antecipou ao defensor, que acabou derrubando o rival.

Na cobrança da penalidade, o meia Danilo Rios bateu em um canto, Douglas pulou para o outro. Formado na base tricolor, Danilo, que não jogava uma partida oficial há dois anos, não comemorou o gol.

Mas pouco antes do final do primeiro tempo, o capitão tricolor teve a chance de se redimir. Aos 44 minutos, Nino fez um cruzamento perfeito na área para Tiago, que cabeceou forte no contra-pé de Jordan, sem chance para o goleiro do Jacuipense.

Na segunda etapa, o Bahia teve pelo menos três boas chances de ampliar o placar, mas não conseguiu converter nenhuma.

Aos 16 minutos, Vinícius saiu frente a frente com o goleiro, mas demorou na conclusão e foi atrapalhado pelo zagueiro na hora do chute.

Um minuto depois, foi a vez de Edigar Junio puxar bom contra-ataque, mas demorar de dar o passe para os companheiros melhores colocados.

Já no final da partida, Mena perdeu um gol incrível. O chileno recebeu passe dentro da área de Zé Rafael, mas tentou colocar por cima do goleiro e se atrapalhou na conclusão. Ao fim da partida, vaias merecidas para Guto Ferreira e o time, que não mostrou o futebol que o torcedor espera, mesmo para início de temporada.

Allione na Arena

O meia Allione já está em Salvador. O argentino acompanhou o jogo de ontem no estádio. Hoje, a diretoria deve oficializar o seu retorno, por empréstimo, até o final do ano junto ao Palmeiras.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *